Cuidador Informal

Muitas vezes ouvimos falar do cuidador informal, mas será que sabemos de quem realmente se trata?

Entende-se por cuidador informal a pessoa que presta cuidados e assistência a outros, que, por apresentarem uma incapacidade, veem limitada a sua participação e envolvimento nas rotinas diárias. Geralmente os cuidados informais são prestados por indivíduos com relação afetiva estabelecida com a pessoa com incapacidade, que, por norma, não detém de conhecimento profissional.

Em matéria de saúde mental, também existem os cuidadores informais da pessoa com experiencia em doença mental. Porém, nestes quadros psicopatológicos, o cuidador está constantemente exposto a mudanças do meio (como por exemplo, alterações emocionais e comportamentais; cronicidade da doença; alterações da personalidade; perda das capacidades afetivas; entre outras), ficando mais vulnerável ao desenvolvimento de uma patologia mental.

Por isso, entende-se necessária, por parte dos serviços e profissionais, uma atenção especial para os cuidadores no sentido de prevenir o sofrimento emocional dos mesmos e, por consequência, o desenvolvimento de uma doença mental.

Necessita de mais informações? SIM, fale connosco!

 

Fonte: Correia (2012). Perturbações Psicopatológicas no Cuidador Informal do Doente Mental.

           Sousa (2016). Cuidador informal: que direitos?

Sabia que…

Sabia que consumo de álcool dos portugueses alterou-se durante o…
Sabia que
Menu